A intervenção precoce aproveita o fato de que o maxilar de uma criança ainda está em crescimento. O tratamento precoce também pode ser útil quando as arcadas dentais e os maxilares não estão na posição correta. Aparelhos funcionais podem resolver ou melhorar tais problemas.

Os aparelhos ortodônticos infantis tiveram grandes melhorias nas últimas duas décadas. A tecnologia os tornou mais confortáveis e mais atrativos do que os aparelhos que a maioria dos pais se lembram de utilizar. É fundamental para a saúde, e quanto mais cedo os tratamentos começarem, melhor para os pacientes.

Devido aos avanços da área, usar aparelhos é uma experiência bem menos traumática, principalmente para as crianças. Aproximadamente, aos 6 anos de idade, quando começa a troca dos dentes anteriores, as famosas janelinhas. É nessa época que começam a surgir os primeiros dentes permanentes, ao lado dos dentes-de-leite. E a criança pode nem precisar de tratamento, só de acompanhamento. Caso seja necessário, o ortodontista pode entrar com uma intervenção que vai evitar problemas futuros. Geralmente, o que leva a essa intervenção são as faltas de espaço, mordidas cruzadas ou mordidas abertas, que estão muito associadas a hábitos bucais nocivos, como chupar dedo ou chupeta. Junto a esses hábitos, a criança também pode desenvolver a respiração bucal. Então é um conjunto de situações que podem prejudicar o bom desenvolvimento da criança.

Mesmo com dentes-de-leite, é justamente no primeiro período de dentadura mista, quando começa a troca dos dentes da frente, que se faz o diagnóstico. O ortodontista trata a boca para que ela possa receber o resto dos dentes permanentes.

Vantagens que o tratamento na infância pode atender:

  • Reduzir a probabilidade de dentes impactados, principalmente dentes caninos;
  • Reduzir o risco de trauma de dentes anteriores protraídos (inclinados para frente)
  • Melhora no padrão e na capacidade respiratória;
  • Melhor função mastigatória;
  • Um sorriso mais atraente e harmonioso;
  • Aumento da autoestima;
  • Maior e melhor habilidade para higiene bucal;
  • Melhor distribuição das forças de mastigação e das forças de desgaste sobre os dentes;
  • Dentes, ossos e gengivas mais saudáveis.

As crianças com uma boa aparência estética dos dentes e um perfil estético agradável, também têm atitudes mais favoráveis ​​em relação à saúde bucal. Também temos percebido que as crianças que se submetem ao tratamento ortodôntico durante essa fase infantil mostram um melhor cuidado em relação à higiene dental, maior percepção de um sorriso agradável e, consequentemente, um aumento de autoestima.

Embora os benefícios psicológicos a longo prazo do tratamento ortodôntico infantil sejam difíceis de mensurar, estes resultados relatados sugerem que o tratamento ortodôntico em crianças é fundamental para a melhora da saúde das crianças em geral, além de melhorar os comportamentos sociais, o desempenho acadêmico e o bem-estar do indivíduo.

Cuidados

Uma boa higiene dental é essencial para crianças que utilizam aparelhos ortodônticos. De três a quatro vezes ao dia, peça ao seu filho enxaguar o aparelho com água para retirar resíduos de alimentos e, em seguida, escová-los cuidadosamente. Toda noite, antes de dormir, peça a ele que também passe o fio dental e use o enxaguante bucal com flúor para ajudar a manter seus dentes fortes e saudáveis

Além disso, uma vez ao dia, você deverá auxiliar seu filho a passar o fio dental, para remover partículas de comida e da placa bacteriana na gengiva e embaixo dela, que pode se transformar em tártaro. Isso também pode ajudar na limpeza de locais difíceis de alcançar com uma escova de dente. O uso de fio dental quando se usa aparelho pode ser difícil, mas você pode utilizar diversas opções para garantir a manutenção da saúde da gengiva. Converse com o ortodontista ou o dentista de seu filho para obter recomendações sobre cuidados bucais.

A cada seis meses, leve seu filho ao dentista para uma limpeza e avaliação. O dentista poderá apontar áreas que necessitam de atenção e ajudar a garantir que os dentes se mantenham saudáveis e limpos ao redor do aparelho. Geralmente, seu dentista ou higienista poderá sugerir ferramentas ou ideias úteis para manter os dentes saudáveis durante a utilização do aparelho.